recent posts

GANGS DA NOITE (Chocante Cuidado).

Recebi este email chocante mas é uma realidade pensei 5 vezes antes de o por aqui.Esperto ter feito a coisa correcta.

Aqui fica a versão final deste post sem uma linguagem tão bruta apesar de merecer todas as palavras e mais alguma que estava no antigo post.



Este vídeo anda a circular pelos emails dizendo que era no centro comercial Stop na rua de heroísmo no Porto.

Mas a verdade é que ocoreu em Sorocaba, interior de São Paulo Brasil.
Foi filmado por uma câmara instalada no exterior de um Bar-Discoteca.
Vejam como actuam os "gangs da noite" e observem bem a reacção das pessoas que presenciam este espancamento,
... e principalmente observem bem a atitude dos tristemente célebres "seguranças" dos Bares-Discotecas.

Mais vale prevenir do que remediar...

cuidado ao ver..é bastante chocante







O jovem espancado entrou em coma e so saiu do coma no dia 23. após inumeras intervenções cirurgicas, o jovem de 24 anos ficou cego de um olho e com lesoes permanentes nas pernas e numa das mãos.





Segundo um jornal

Fabiano Dias Rodrigues, de 24 anos, que apareceu no vídeo sendo espancado brutalmente na saída de uma boate, em Sorocaba, interior de São Paulo, foi agredido porque havia flagrado a gangue agressora numa 'rodada de drogas' no banheiro do estabelecimento. Ele denunciou o fato aos seguranças e, ao invés de receber proteção, foi colocado para fora junto com os denunciados.

A versão foi contada pelo rapaz à sua mãe, Sebastiana Dias Rodrigues, de 58 anos, assim que ele saiu do coma. Ouvida nesta sexta-feira (27) pelo delegado José Ordele de Lima, do 5.º Distrito Policial, a dona-de-casa contou que o filho foi ao banheiro da boate e viu que o grupo consumia "porcarias" - maconha e crack -, fazendo rodízio com as drogas. Rodrigues foi ameaçado e empurrado pelos rapazes, mesmo assim avisou um segurança. De acordo com seu relato, os rapazes foram postos para fora, mas antes de saírem tentaram agredi-lo. Ao invés de receber proteção, o metalúrgico também foi expulso da boate. Já na rua, quando teve início o espancamento, ele tentou se proteger entrando no estabelecimento, mas foi empurrado para fora.


noticia completa no site do jornal:

Site do jornal
GANGS DA NOITE (Chocante Cuidado). GANGS DA NOITE     (Chocante Cuidado). Reviewed by Mr Pink on 00:41:00 Rating: 5

5 comentários:

  1. fdx isto anda tudo uma m"#$#!!!

    Mas nem sei o que choca mais, se os agressores terem feito o que fizeram, ou os fdp dos seguranças que ficaram a olhar feitos estupidos pro gajo estendido no chao sem fazerem nada!!

    ResponderEliminar
  2. não gosto de falar sem saber todos os factos de antemão! por isso não vamos crucificar os seguranças nem os supostos agressores nem a suposta vítima!

    em primeiro lugar: os seguranças provavelmente fizeram o que todos nós fariamos: chamaram a polícia e não se meteram no meio! sim são seguranças, mas de uma discoteca, não da rua! sim supostamente são fortes e tudo o mais, mas não têm autoridade numa via pública, não têm armas e têm uma família que os espera em casa! não vão arriscar a vida (nuca se sabe o que os miudos poderiam ter, desde armas brancas a armas de fogo) por alguém que não conhecem nem que está sob a sua guarda! nenhum de nós se meteria no meio, por muita boa vontade, por muito que nos custasse, ninguém se metia numa briga daquelas!

    em segundo: quem disse que a vítima é mesmo uma vítima? já alguém pensou que o rapaz poderia mesmo merecer aquilo? já pensaram que, talvez, o rapaz violou uma bebé conhecida dos "agressores"? ou que matou a mãe de um deles? ou que, agrediu do mesmo modo um amigo deles? o que cada um de nós faria nessa situação, a nossa irmã, filha, mãe, amiga é violada ou morta e o único suspeito safa-se sem nada! encontramos esse suspeito na rua, o que fazíamos? não o espancávamos até à morte?...

    nunca devemos julgar um acto sem saber o que está por trás!

    e vejam, não estou a tentar "salvar" ninguém! estou apenas a colocar alguns cenários possíveis!

    do fundo do coração, acho que ninguém devia fazer o que aqueles miudos fizeram! mas também sei o que é ter uma perda muito grande... sei o que é perder alguém tal como era por causa dum filho da mãe que se safou num julgamento! e sei o que é querer apanhar esse filho da mãe e fazer-lhe o que aqueles miudos fizeram! sei o que desejar fazer justiça com as próprias mãos!

    também sei que isso é errado, mas também sei que é errado julgar os outros sem saber de tudo!

    claro que também pode ter sido só uma briga "de rua" e nesse caso, estes miudos só merecem uma bela estadia eterna numa prisão!

    e claro que os seguranças podiam tentar fazer mais, mas eles têm que pensar na sua própria segurança! não podemos esperar que eles sejam super-heróis! só podemos esperar que eles tenham chamado a polícia e que tenham dito que era urgente! e se fizeram isso, nada mais eram obrigados a fazer!

    e já sei que este comentário vai ser muito criticado e todos vão dizer que os miudos não têm desculpa alguma e que os seguranças, sendo seguranças deviam ter agido, e blá blá blá!... eu digo e tenho dito: não sei a história, não acuso!

    "inocente até prova em contrário"

    ResponderEliminar
  3. gostei do teu comentario e concordo com tudo que disseste. fui a procura de mais noticias e foi isto que apanhei.



    Fabiano Dias Rodrigues, de 24 anos, que apareceu em um vídeo sendo espancado brutalmente na saída de uma boate, em Sorocaba, interior de São Paulo, foi agredido porque havia flagrado a gangue agressora numa 'rodada de drogas' no banheiro do estabelecimento. Ele denunciou o fato aos seguranças e, ao invés de receber proteção, foi colocado para fora junto com os denunciados.

    A versão foi contada pelo rapaz à sua mãe, Sebastiana Dias Rodrigues, de 58 anos, assim que ele saiu do coma. Ouvida nesta sexta-feira (27) pelo delegado José Ordele de Lima, do 5.º Distrito Policial, a dona-de-casa contou que o filho foi ao banheiro da boate e viu que o grupo consumia "porcarias" - maconha e crack -, fazendo rodízio com as drogas. Rodrigues foi ameaçado e empurrado pelos rapazes, mesmo assim avisou um segurança. De acordo com seu relato, os rapazes foram postos para fora, mas antes de saírem tentaram agredi-lo. Ao invés de receber proteção, o metalúrgico também foi expulso da boate. Já na rua, quando teve início o espancamento, ele tentou se proteger entrando no estabelecimento, mas foi empurrado para fora.


    noticia completa no site do jornal:

    http://9359139925800.usercash.com

    ResponderEliminar
  4. tens razao no que dizes no que concerne aos seguranças pensarem na sua segurança...mas eu referi-me a uma coisa mt especifica e que se ve bem no video.... que depois de o gajo ter sido espancado, e ja os putos se tinham ido embora, e o seguranças nem se aproximaram para ajudar, deixaram-no lá estendido... uma coisa é não se envolverem no confronto, outro é depois de o confronto ter terminado, não ajudar quem precisa!! e foi isso que eu critiquei! as imagens são explitas, o gajo foi atacado, os agressores foram-se embora, ou seja já não havia qualquer ameaça para os seguranças, ou seja podiam muito bem ir ajudar o coitado...mas o que fizeram? ficaram a olhar para ele estendido no chao! Por isso desculpa, mas apesar de teres razao no que dizes, neste caso não se aplica, eles simplesmente nem quiseram saber... o que pelos vistos se pode comprovar pela noticia que foi acrescentada pelo M.V....

    ResponderEliminar
  5. Po caralho com essa opiniao de merda se fosse segurança metia o rapaz dentro do estabelecimento e fechava a porta e chamava a policia era mais justo mundo de merda pessoas hipocritas e individualistas

    ResponderEliminar

Com tecnologia do Blogger.