recent posts

TT - Tão Longe, Tão Perto Feat Sam The Kid

T.T. foi uma revelação, foi um dos artistas mais bem sucedidos do mercado discográfico nacional no último ano. Não Há Mais Nada é o primeiro single deste novo álbum que conta com algumas participações especiais, das quais se destaca a de Sam The Kid no tema Tão Longe, tão Perto , de Flow 212 em Sim ou Não ou de Iniciado no tema Levanta-te do Chão.

TT - Tão Longe, Tão Perto Feat Sam The Kid



TT - Sim ou Não Feat Flow 212



Enviado pela su
TT - Tão Longe, Tão Perto Feat Sam The Kid TT - Tão Longe, Tão Perto Feat Sam The Kid Reviewed by Mr Pink on 15:47:00 Rating: 5

4 comentários:

  1. loooooooool

    se portugal é conhecido por este genero de 'artistas' estamos bem tramados...

    na minha sincera opiniao nos dias que correm já nao se faz musica a sério, ou melhor, nem todos sabem fazer boa musica e musica que seja intemporal. Moonspell, Mundo cão, Sean Riley and the Slowriders, Blasted mechanism (antes de terem este cromo de vocalista) entre outros, sao bandas que sabem como fazer boa musica. TT, Dzrt e outros quantos da geraçao morangos nao tem a minima qualidade. mas a culpa não é deles mas sim das editoras. Estas tem a culpa de lançarem po mercado figuras como TT e outros assim. Estas mesmas tem a culpa de fecharem a porta na cara a artistas como Mariza que apresentou um trabalho e lhe disserem que aquilo nunca iria ter saida e riram-se na cara dela. O mesmo se passou com Moonspell e com tantos outros que após verem o seu produto ser rejeitado por ignorancia das editoras nacionais foram para o estrangeiro. E qual foi o resultado?? Pois bem, vejam o resultado nas lojas, na tv, na boca das pessoas....
    Este é o país que temos! Este é o país do Emanuel, do Toi, da Ágata e de tantos outros que dava para tar aqui uma semana. Estes meus senhores é o país onde ainda reina a ignorância e a falta de vontade em arriscar.
    As gerações que neste momento estão no ensino secundário não tem qualquer cultura musical. Apenas ouvem o que dá nos morangos e na mtv. Perguntem a quantas pessoas que estão nessa fase se conhecem jimi hendrix, Paul Stanley, Jim Morrison! Nem um devem conhecer..

    Mas que se pode fazer?! É o país que temos!!!!

    ResponderEliminar
  2. Concordo com o "me"na quase totalidade, mas no entanto discordo de um ponto...não penso que seja a culpa das editoras mas sim do "povo", principalmente dos putos "geração morangos" que são quem compra isto...não houvesse quem comprasse, e as editoras não apostavam neste tipo de "produto" com toda a certeza...

    ResponderEliminar
  3. nesse ponto desculpa discordar contigo meu caro. eu compreendo o teu ponto de vista mas vê as coisas por este prisma. a geração morangos não compra este tipo de musica. não tem essa necessidade porque eles sacam a musica. o que dá credito a estes pseudo-artistas é o facto de essa geração trazer isso nos ipod's e aparecer nas novelas teen da tvi.
    Porque pelo que eu já li e vi na tv os nossos artistas consagrados são praticamente postos no olho da rua quando vão a uma editora portuguesa. Isto do meu ponto de vista o problema passa pelas agencias e nao pelo povo. porque como bem se sabe a publicidade faz milagres e as pessoas compram o que as empresas querem. Mas por outro lado uma coisa, neste caso uma banda que se torna comercial tende em estragar-se. Exemplo disso foram os moonspell quando lançaram o album Memorial e começaram a surgir na MTV. Após sairem desse canal regressaram as origens melhor que nunca. Passo desde ja a minha ideia de que a MTV tem o dom de estragar tudo o que é bom!

    mas isto é só a minha opiniao quem nao quiser partilhar tá a vontade! Critiquem para ai mas que não me venham dizer que não deixo de ter alguma razao! ;)

    ResponderEliminar
  4. Caro me
    Apesar de estar a sair da faixa etária que referes (sou este ano caloiro no ensino superior)não posso deixar de concordar contigo. Não vou mais longe que isto: quando cheguei ao sétimo ano e fui para a primeira escola secundária, ainda apanhei alguns dos antigos "metaleiros". Nessa altura, a música que passava nos intervalos das aulas e todo o ambiente era completamente diferente de quando terminei o 12º. Nessa altura ainda se passava Pearl Jam, Metallica, Nirvana, Lenny Kravitz ou mesmo coisas mais recentes como System of a Down ou Oasis, referindo apenas bandas mais comerciais.
    Entretanto chegaram os Morangos e tudo mudou. O pessoal mais velho saiu e o mais novo ficou "sem orientação", restando apenas meia dúzia que não se identificavam com essa geração. Bem, ao longo dos anos vemos que está tudo cada vez pior e digo isto sobre o pessoal da minha geração. Não, não sabem quem era Jimmy Hendrix, não conhecem 2 músicas de Beatles, não sabem quem era Ziggy Stardust mesmo dizendo-lhes que não passava de David Bowie, não sabem o nome do vocalista dos Rolling Stones...
    Bem, do conhecimento musical passamos para tudo o resto: pessoas fúteis, sem objectivos, com a mania que são grandes porque fumam e apanham bubas com 14 anos, armados em mafiosos, em irreverentes, quando não passam de mais um elo na corrente de conformismo e futilidade.
    Assim é esta nossa (não minha) geração e é nesta gente que vai depender o nosso futuro.

    ResponderEliminar

Com tecnologia do Blogger.